segunda-feira, abril 3

(Resenha) #32 Fontes do Paraíso

Título: As Fontes do Paraíso
Autor: Arthur C. Clarke
Gênero: Ficção Científica
Desafio #32 Um livro que se passa no futuro
Quando eu vi o desafio de ler um livro que se passa no futuro, vi como uma chance de pegar uma Hard SF (falei um poco sobre isso na revelação e dicas) já havia lido alguns livros assim antes e confesso que os começos são bem difíceis, será que hoje eu ainda consigo encarar uma Ficção Científica Hard.
“Rajasinghe reconhecia o poder quando o via, pois poder tinha sido seu trabalho; e era poder que via diante de si agora. Cuidado com homens pequenos, sempre dizia a si mesmo, pois são eles que movem e abalam o mundo”

Nesse livro conhecemos Vannevar Morgan, um engenheiro visionário, que construiu um ponte ligando a África a Europa, um grande feito, agora ele sonha mais alto, Bem mais alto,  ele quer construir um elevador que levará o terráqueo até o espaço em um satélite síncrono. Então iremos conhecer Taprobane, uma montanha sagrada, em um local que é uma relíquia arqueológica, mas que segundo os cálculos de Morgan é o único local seguro para instalar o elevador, já dá para saber que não será nada fácil para o engenheiro.
Ilha de Taprobana, no Sri Lanka, onde grande parte da história se passa

Arthur C. Clarke tratou de vários temas nesse livro, o principal é o Novo vs a Tradição, mas temos entre as principais reflexões as religiões, a fragilidade de nossas crenças, da nossa vida e de nosso legado, a resistência que temos com o novo, a preocupação com o meio ambiente, e como evoluir e ao mesmo tempo preservar o que já conquistamos.
"Quanto maior a tecnologia, maior a vulnerabilidade; quanto mais o homem conquista a natureza, mais sujeito se torna as catástrofes artificiais."
Yakkagala, outro ponto arqueológico onde o Rei déspota se
refugiou com medo da vingança de seu irmão.
Eu tive um começo bem lento, a história estava bem interessante, conhecendo o castelo de Kalisada, um rei déspota, onde hoje vive Rajasinghe, um dos maiores diplomatas do corpo da Paz, que hoje já está aposentado. As descrições são bem vívidas e leves, e eu amo essas antigas civilizações Hindu, mas eu estava em meio a uma ressaca forte, que se misturou com vários problemas pessoais que foram se amontoando em cima de mim, o que atrapalhou demais minha leitura, mas depois que as coisas foram clareando um pouco percebi o quanto o livro é sensível na mensagem que quer passar e acabei anotando um monte de quotes que precisei fazer uma seleção.
"- Sim... uma daquelas coisas. Elas salvam dez milhões de vidas todo ano. Em geral, políticos importantes, administradores, cientistas famosos, engenheiros proeminentes e malucos desse tipo. Muitas vezes, pergunto-me se tanto trabalho realmente compensa. A natureza pode estar no querendo dizer alguma coisa, mas não prestamos atenção nela."
O livro tem um jeito mais parado, com muita conversa, muitos conceitos, não é aquele tipo de livro com gente fugindo de androides/alienígenas, ou tentando salvar o mundo, temos um resgate emocionante, mas as coisas no geral são mais contemplativas do que ativas.

Essa é Sri Pada, a montanha que inspirou C. Clarke, ela é bem mais baixa que no livro, mas parece linda igual.
Para quem não conhece o autor, seu livro mais famoso é 2001 uma Odisseia no Espaço, Arthur C. Clarke sempre foi entusiasta da astronomia desde criança, quando construiu sozinho um telescópio e fez um mapa da lua com base nas observações que fez com esse telescópio, no final da versão do livro que li, ele fala um pouquinho de seu processo criativo, o que é real e o que é imaginário, ou modificado em sua obra, e fiquei bem impressionada em saber que esse elevador já é teorizado desde a década de 1960 em artigos e palestras.
"- Para tudo há um tempo - respondera o cérebro global. - Há um tempo para lutar contra a natureza, e um tempo para lhe obedecer. A verdadeira sabedoria consiste em fazer a escolha correta. Quando o longo inverno houver chegado ao fim, o homem voltará a uma Terra renovada e retemperada."
Indico o livro para todos que já estejam prontos a encarar um novo patamar de literatura, não é fácil, porque já estamos acostumados com livros de ação desenfreada, mas acho com paciência dá para pescar muitas pérolas.

15 comentários:

  1. Não leio muito o gênero de ficção científica mas me interesso bastante por esses livros extremamente criativos em que o autor mistura um pouco de fatos reais com o a ficção criada por ele. Nunca havia ouvido falar de um livro com uma enredo parecido.

    memoriasdeumaleitora.com.br

    ResponderExcluir
  2. Essa coisa de misturar ficção e fatos reais acaba sempre nos deixando com gostinho de teoria da conspiração... O que de fato na ficção não poderia ser real? Adoro isso... Esses livros despertam várias teorias em mim! hahahaha
    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Eu de cara iria dizer que não sabia quem era o autor, mas agora eu o reconheço kkjk (pela sua cola claro) eu nunca li nada do autor e tenho sim um pouco de curiosidade. Pela sua resenhas esse livro é bem diferente do que wleu costumo ler e isso pode ser realmente um desafio, mas quero cumpri-lo. Valeu pela dica é até mais ver
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Não sou fã de livros parados, acredito que por estar tão acostumada com ação desde a primeira página, acabo não conseguindo terminar leituras com esse estilo. Já ouvi falar muito bem do autor, porém nunca li nada dele, não conhecia essa obra e a premissa é bem diferente dos livros que costumo ler. Enfim, dica anotada.

    ResponderExcluir
  5. Eu sou uma pessoa que fica perdida quando se fala de ficção científica. Quero me aproximar - com calma - e provavelmente terei que ler outros antes de encarar este. Obrigada por apresentar um livro importante do estilo e me fazer pensar em sair da minha área de conforto. Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem? Esse livro ganhou uma repaginada recentemente não ganhou? Nova capa, novo nome ou algo assim porque a sinopse não me estranha, mas não consigo associar com a capa hahahaha Ficção científica é um gênero que quero muito começar a ler, mas ainda tenho certa dificuldade de pegar algum. Ainda acho que não estou bem preparada para um gênero com muitas informações. E parece que esse livro tem mais ainda porque como você disse, ele está em outro patamar. Deixarei como dica futura! Ótima resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. está sim com uma capa nova, e bem mais bonita

      Excluir
  7. Infelizmente é um gênero que não me chama a atenção. Mas sua resenha esta ótima. Dá para ver que você realmente gostou. Parabéns. Adorei. Irei indicar para algumas amigas que eu sei que curtem.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Olá!

    Não conhecia esse livro, mas estou impressionada com a premissa. Não é um tipo de leitura fácil para mim, mas quem sabe eu me arrisque em algum momento...

    ResponderExcluir
  9. Oii!

    UOU! Eu conheço o autor, mas nunca tive a oportunidade ler algo dele, adorei conhecer o livro por aqui, mas não faria a leitura no momento. Não sei se conseguiria dar atenção e concluir a obra tão facilmente.
    Mas adorei a resenha

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Ola,

    Não conhecia o livro, mas achei a premissa bem interessante. Vou anotar a dica.

    ResponderExcluir
  11. Olá, não conhecia o livro, mas adorei saber um pouco mais sobre essa trama. Essa seria uma obra que com certeza me tiraria da zona de conforto, por isso vou anotar essa dica para conferir em outro momento.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  12. Adoro ficção científica e me envergonho muito de dizer que nunca li nada do autor... gente, que coisa mais louca, ponte da Europa à África? E aí ainda quer construir um elevador da Terra pro espaço? Muita loucura, por isso já amei e quero conferir... rs

    ResponderExcluir
  13. mas como eu não conhecia esse livro????

    amei a premissa dele e a tua resenha só ajudou a me deixar ainda mais curiosa, e essas imagens....coisa mais linda....

    obrigada pela dica, anotei e já vou procurar pelo livro!!!!!

    ResponderExcluir
  14. Ola Dani lindona não conheci o livro, o fato da leitura ser um pouco mais lenta e detalhada pode ser que me atrapalhe um pouco, mas fiquei muito curiosa com a premissa do livro. Dica anotada. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir